Acompanhe o JB por e-mail

sexta-feira, 4 de março de 2016

Dunga faz convocação e chama Kaká de volta!

DUNGA CONVOCA SELEÇÃO
O técnico Dunga convocou na quinta-feira os jogadores que formarão a Seleção Brasileira. São eles: goleiros, Diego Alves (Valência), Alison (Internacional), Marcelo Grohe (Grêmio); laterais: Danilo (Real Madrid), Daniel Alves (Barcelona); Felipe Luis (Atlético de Madrid); Alex Sandro (Juventus de Turim); zagueiros: David Luiz (PSG); Miranda (Internazionale); Marquinhos (PSG) e Gil (Shandong)
Os volantes e os meias são Luiz Gustavo (Wolfsburg); Fernandinho (Manchester City);Philipe Coutinho (Liverpool); Renato Augusto (Beijing); Oscar (Chelsea); Lucas Lima (Santos); William (Chelsea); Kaká (Orlando City).
Atacantes: Douglas Costa (Bayern de Munique); Neymar (Barcelona); Hulk (Zenith) e Ricardo Oliveira (Santos).
Kaká foi convocado e está de volta à Seleção Canarinho.
A Seleção Brasileira jogará duas paradas indigestas, contra o Uruguai no dia 25 de março, na Arena Pernambuco, em Recife, e, depois contra o Paraguai, no dia 29 de março, no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, ambas a partir das 21h45..

Leia mais sobre esportes >>> Clique AQUI!

***

Polícia Federal leva Luiz Inácio Lula da Silva para depor

Ex-presidente foi levado
coercitivamente para Congonhas
Por volta das seis horas da manhã desta sexta-feira, dia 04 de março, agentes da PF estavam a postos
em frente ao prédio onde mora Luiz Inácio Lula da Silva, num aparato ainda não usado na Lava Jato

Lula, que já foi presidente do Brasil,  foi levado na manhã desta sexta-feira, dia 04 de março de 2016, para prestar depoimento na polícia Federal na 24º fase da operação Lava Jato.
As emissoras das redes de TV anunciavam, desde às seis horas da manhã, que agentes da Polícia Federal, cercados de um aparato de segurança ainda não utilizado anteriormente, se posicionaram em frente aos prédios de Lula e seu filho Lulinha.


No total, a Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. O Instituto Lula, ligado ao ex-presidente, também é um dos alvos da operação. Seu presidente, Paulo Okamoto, também deverá ser levado coercitivamente para depor. Grupos favoráveis e contrários ao petista foram para a frente do prédio dele em São Bernardo, e houve princípio de confusão. A operação foi denominada "Aletheia", em referência à expressão grega que significa "busca da verdade".

Lula agora é acusado de ser um dos beneficiários dos crimes na Petrobras e só era, por enquanto, por ocultação de patrimônio mas, após a delação de Delcídio do Amaral, que foi líder do governo no Senado, publicado na revista IstoÉ,  denunciando o envolvimento do ex-presidente em várias situações, incluindo nisso o sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá, Lula passou a ser suspeito de lavagem de dinheiro e corrupção.

O ex do Planalto estava entre os 11 que foram levados para depor coercitivamente e foi encaminhado para ser inquirido, como informado primeiramente,  no escritório da Polícia Federal no aeroporto de Congonhas, por ser considerado o lugar mais seguro, naquele momento. Isso, embora houvesse um mandado de segurança a favor dele para não ser interrogado em São Paulo. Entre os 33 endereços apontados como alvos dessa fase da operação, a maioria relacionada é de amigos e parentes de Lula!

A PF também cumpre um mandado de condução coercitiva em Salvador e mandados de busca na capital baiana e Rio de Janeiro. As cidades alvo da ação são: Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, São Bernardo do Campo, Atibaia, Guarujá, Diadema, Santo André, Manduri.

Os que tiveram mandado de condução coercitiva, além de Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República; Paulo Tarciso Okamotto, que é o presidente do Instituto Lula; Paulo Roberto Valente Gordilho,  funcionário da OAS; João Henrique Worn, taxista que levou dinheiro da UTC para José de Filippi em 2010; Elcio Pereira Vieira, apelidado de Maradona, e caseiro de Lula; José de Filippi Junior, ex-tesoureiro da campanha de Lula e de Dilma; Rogério Aurélio Pimentel, ex-assessor especial de Lula no Planalto e que recebeu a mudança; além dos ainda não identificados Paulo Marcelino Mello Coelho, Luiz Antonio Pazine, Alessandro Tomazila e Alexandre Antonio da Silva

Há informações de evidências de que os crimes que enriqueceram e financiaram campanhas eleitorais e o caixa de seu partido político, o PT. Lula, recentemente, foi apontado como pessoa cuja a atuação foi relevante para o sucesso da atividade criminosa, de acordo com agentes da força-tarefa.

Foram encontradas pela PF evidências de que Lula recebeu benefícios da OAS, da Odebrecht e de José Carlos Bumlai, todos envolvidos em esquema de fraude na Petrobras. As duas construtoras fizeram reformas e compraram móveis para o sítio e o tríplex, que se supõe sejam de Lula e Bumlai teria feito pagamento para a realização essas obras.

Entre os que estão sendo ouvidos o braço direito do ex-presidente e atual presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, e José de Fillipi Júnior, ex-prefeito de Diadema que foi tesoureiro da campanha de Lula e Paulo Gortilho, diretor da OAS.


Imprensa Internacional - Repercussão

A repercussão na imprensa internacional sobre o fato de Lula ter sido convocado nos autos da Lava Jato foi i9mediata e vários jornais chamaram manchetes garrafais em suas páginas mais importantes




O jornal El País, em sua edição em Inglês...

O alemão Bild...

Clarin, também usou sua primeira página...

O El país, em espanhol, teve manchete na primeira página...

Em todos, pelo mundo, havia o assunto do dia: Lula...

O The New York Times não deixou por menos...
Fontes: Emissoras de TV (Globo/Record/Band) e Internet
Imagens: Reprodução Internet reservados os direitos de seus criadores
...
Ir para o Jornal DeBolso